domingo, 22 de abril de 2012

I Can't Live Without Love - Briga


I Can't Live Without Love 04º Capítulo 




- O que você quer Logan?
- Não se mete meu assunto é com ele
- Eu me meto sim, saí daqui!
- Cala a boca! – ele já estava ficando nervoso
- Não fala assim com ela! – Justin levantou – pensa que é quem?
- Hahaha quem eu sou? Simplesmente o garoto que ela ama!
- Logan eu não te amo! Você não presta sai daqui
- Já me cansou, garotos a segurem - só vi um bando de garotos enormes me segurando
- ME SOLTA! AGORA!
- Solta ela cara! Que isso, olha o que você ta fazendo, tem certeza que e uma garota tem coragem de te amar? Você é bruto!
- Agora você morre – ele deu um soco na cara de Justin, e ele caiu
- JUSTIN! – ele se levantou
- Já vi que com você é só na porrada né? – eles começaram a se matar logo apareceu um monte de garotos em volta e eles ajudavam a bater em Justin,  eu não conseguia sair, e já estava a maior roda de gente agitando a briga, meu Deus tudo isso por culpa de mim.
- Me soltem seus nojentos – me mexia e nada – LOGAN! OLHA PRA MIM AGORA! – todos pararam e olharam – POR QUE VOCÊ TÁ FAZENDO ISSO? SEU COVARDE MILHÕES CONTRA UM,  SE VOCÊ AINDA ME AMA PARA COM ISSO, EU PROMETO QUE VOLTO A FALAR COM VOCÊ, MAS POR FAVOR SOLTA ELE E ME SOLTA TAMBÉM, POR FAVOR – eu comecei a chorar
- Chega, acho que você já teve o que merece, e eu espero nunca mais te ver por aqui ouviu? – ele cuspiu na cara de Justin – Soltem ela – eles saíram andando, e eu corri até o chão 
- Justin, me perdoa, tudo isso por culpa minha, me desculpa
- Tudo bem – ele sorriu, mesmo machucado consegue ser fofo
- Meu Deus! Olha esse rosto, vem vamos à minha casa
- Não precisa
- Por favor, faço questão
- Tudo bem então – ajudei a  levanta-lo – vamos, não é longe, consegue andar?
- Acho que não – passei um de seus braços em meu ombro
- Vamos devagar
- Minha boca tá sangrando muito?
- Tá todo cheio de sangue, eu vou pegar papel
-Não precisa, minha camiseta já está suja mesmo, me ajuda tirar – eu fui ajuda-lo a tirar a camisa e wooow que tanquinho era aquele, começou a me dar um calor, mas me concentrei em ajuda-lo
[...]
Logo chegamos em casa, não tinha ninguém, só Maria. Ela estava fazendo almoço.

- Acho melhor subirmos
- Tá, me ajuda – subimos as escadas com cuidado, e eu o sentei em minha cama – espera aqui tá?
- Tá – fui no banheiro lavei as mãos, coloquei umas luvinha e peguei a caixa de primeiro socorros, com algodão limpei sua boca, seu supercílio que sangravam muito, seu olho roxo passei uma pomada.
- Tá gelado – rimos
- Espero que amanhã esse olho esteja melhor
- Minha mãe vai me matar, tem como dar um jeito tipo sem deixar roxo?
- Maquiagem...
- Ah droga! – ri
- Nem parece, relaxa, eu vou fazer antes de você ir embora, só vou esperar sua pele absorver a pomada
- Obrigado, ninguém nunca cuidou assim de mim...
- Obrigado de que? Eu que te agradeço, ninguém nunca apanhou por mim – rimos
- Valeu a pena sabe... como alguém pode falar assim com uma garota – coloquei gelo em sua testa
- Segura, an... sei lá, nenhum garoto é como você sabe...
- Tá falando que eu sou gay?
- NÃO! – ele me interrompeu
- eu to brincando boba – rimos
- Só quis dizer que é fofo
- Você também é fofa...
- Seu corpo tá doendo?
- Um pouco
- Eu vou pegar um analgésico pra você
- Não precisa – fui no banheiro peguei o comprimido e peguei minha garrafinha d’água que fica no meu quarto
- Aqui, consegue engolir inteiro?
- aham -  ele bebeu
- Tá com fome? Minha empregada está fazendo o almoço
- To sim, mas eu já vou indo...
- Não, almoça comigo vai, por favor
- Tudo bem, se não for encomodar...
- Não vai
- Ah então – ele sorriu
- Quer deitar?
- Pode ser, to ficando com sono – quando ele foi se deitar eu me desequilibrei e cai em cima dele, ele olhou fundo em meus olhos, sentia sua respiração perto da minha, e quando íamos encostar os lábios...
Maria entrou no quarto
- Oh querida me perdoe, eu não queria interromper nada, eu só vim avisar que sua mãe disse que ficaria o dia todo fora
- Ah tudo bem – sai de cima dele – pode colocar mais um prato na mesa?
- Claro, com licença me desculpe – ela saiu
- Me m-e desculpe, eu não...- ele me interrompeu
- Hey tá tudo bem, fica calma tá?
- Tá, eu eu... vou guardar as coisas...
- E eu vou... deitar um pouco  - fui até o banheiro guardar as coisas

Cara eu quase tive meu primeiro beijo por um desequilíbrio, não acredito, ele deve estar pensando que eu sou uma atirada, ai meu Deus que vergonha.

- Venham comer!  - sai do banheiro, e ele dormia feito um anjo, coloquei um edredom em cima dele e desci.
- Cadê seu amigo?
- Ele dormiu... – bebi meu suco
- Ele tá machucado, o que aconteceu?
- Logan bateu nele
- Não acredito, ele é tão doce
- Não mesmo

[...]

Terminei de almoçar e subi.

- Hey acorda, vamos almoçar
- Por quanto tempo eu dormi?
- Não muito
Descemos.

Justin P.O.V


~próximo capítulo ~

- AONDE VOCÊ ESTAVA? E O QUE É ISSO NA SUA BOCA? POR QUE ESTÁ COM MAQUIAGEM?! - to simplesmente F-U-D-I-D-O


Oi meninas tudo bem? Postei (: 
quero deixar um aviso, amores amanhã começam minhas provas e vai ser meio dificil de vim postar todo dia, se eu conseguir, mas não prometo porque vai ser dificil, se eu postar vai ser sexta sabado e no domingo, me perdoem mas sabe como é... provas preciso estudar.

Espero que tenham gostado, obrigada pelos comentários.

3 Comentários? 

Beijos ;*
Amo vocês s2'

7 comentários:

  1. amor sua ib ta otima mais coloca os nomes das pessoas qe estao falandoo
    by:uma belieber

    ResponderExcluir
  2. ta muito boa, to adorando!
    GabiPedrosa

    ResponderExcluir
  3. eita continua logo !! ;)

    ResponderExcluir
  4. a m e i sua DYYYYYVÁ, bjs:*
    PPPPOSTA...
    luiiza

    ResponderExcluir
  5. ta maravilho, sou uma nova leitora!
    Paravéns pelo ib!!!! abraços

    ResponderExcluir